Mestre: Orides Gonçalves de Oliveira

Fonte: Jogo do Pau Português
Nascimento 24-07-1930
Morte 26-05-2016
Nacionalidade Portuguesa
Naturalidade Bucos
Escola Bucos

Sobre

Mestre Orides Gonçalves de Oliveira iniciou os Jogo do Pau quando tinha entre nove a dez anos de idade em Bucos, através de um aluno dos mestres «Campos calado», vindo depois, após dois anos, a aprender com estes mesmos mestres.

Veio a casar em 1962, com Maria Henriques Bastos, filha do seu mestre Manuel Henriques Bastos.

Criou em março de 1980 a escola em Bucos, através da Associação Desportiva e Cultural de S. João Baptista de Bucos, tendo ainda hoje a tradição do ensino do JPP nesta associação.

Foi presidente de Junta de Freguesia de Bucos entre 1979 e 1997 e faleceu com 86 anos, em 2016, fora da sua terra natal, em Creixomil, concelho de Guimarães.

Conhecimentos técnico

Mestres onde obteve conhecimentos técnicos do Jogo do Pau português:

Linhagem de Mestres

Publicações onde é citado

« A associação Desportiva e Cultural de S. João Baptista conta com duzentos adeptos e simpatizantes, certa repercussão internacional, algum desassossego e não tem descurado a formação, apostando nos últimos anos, na iniciação ao jogo do pau dos mais novos (a partir dos seis anos de idade). E a obra é fecunda. Resulta pois, que a colectividade tem sólidos alicerces a sustentá-la, faltando-lhe apenas uma sede. É este o objectivo que se segue.

Hoje, e á sua cabeça, coloca-se um homem daqueles que as aldeias, mesmo mais bem fadadas, só excepcionalmente e de longos em longos tempos, têm a sorte de produzir – Orides Golçalves de Oliveira. Ele é o coração da restauração do jogo do pau em Bucos. durante largos anos, cumpriu a tradição da família. Foi mestre dessa «arte», presidente da Junta de Freguesia e ocupou numerosos cargos na direcção da colectividade. Mas, mais do que tudo isto, um motivo há que o torna venerável no meio associativo: ele sabe todos os volteios rápidos, ataques e paradas vertiginosas e maneja o pau como se fosse parte do próprio corpo. hoje, assistido pelo seu filho Manuel Orides, continua dando «canseira» à garotada.

Para o presidente da Associação D. S. S. J. Bucos, o jogo do pau exige destreza e parceiros de alta resistência. É condição «sine qua non», nota Orides Oliveira, que o praticante não se revele desastrado e pouco hábil: «Pois é! Qualquer demonstração à toa, coisa que dura um quarto de hora leva horas a ser preparado», explica. «Há que repetir cada técnica uma porção de vezes. Vários ensaios, vários a valer, e vale tudo. Para os miúdos é um quebra-cabeças»
Artigo em Notícias Magazine de 21 Novembro 1993 : A lei do pau (ver artigo)

Galeria de imagens

Vídeos

1998 - Festival Nacional de Escolas de Jogo do Pau em Portimão
Mestre Orides Oliveira com os jogadores: Manuel Urjais, Fernando Machado, Manuel Oliveira, Pedro Henriques, Miguel Gonçalves, Eduardo Marques, Jorge Marques, Davide Urjais, Diogo Silva, Daniel Urjais, Jaime Henriques e Jorge Mateu.
2016 - Jogo do Pau - Os Guardiões da Tradição

Este documentário mostra um pouco a história das 3 escolas na região Norte. As escolas de Cepães (fafe), Bucos (Cabeceiras de Basto) e Corva (Salto). O Mestre Orides Oliveira é entrevistado.
Direitos: Canal Youtube "História do Jogo do Pau - History" (ver mais)

Ver também

Referências