Estilo de Jogo: Terceira (Açores)

Fonte: Jogo do Pau Português

Sobre

Crê-se que o Jogo do Pau surgiu na Ilha ao longo da colonização da mesma e evoluindo de uma forma muito peculiar a partir do jogo do pau praticado em Portugal continental e Brasil. Hoje em dia é praticado apenas o chamado Jogo do Pau da Ilha, dado que os outros dois tipos de combate, com o tempo, desapareceram.

O Jogo do Pau praticado na Ilha Terceira e apesar da sua origem advir do Continente Português, diferencia-se deste pelo facto de ter evoluído de uma forma muito própia na Ilha.

Um grande contributo foi prestado por Paulo Melo que ao publicar em 1992 o livro O Jogo do Pau na Ilha Terceira imortalizou diversas histórias que os mais “antigos” conheciam, sendo uma obra preciosa para conhecermos mais profundamente o Jogo do Pau na Ilha.

Caracterização

Uma das particularidades deste jogo é conseguir-se entrar dentro da área do oponente e com o bordão bem seguro pelas duas mãos (Chamado jogo de duas pontas) desferir golpes que geralmente só os mais entendidos tem a capacidade de anular. Outra característica são as entradas e saidas com saltos em rotação, e com o bordão em rodopio, que geralmente dão ao combate uma amplitude muito maior.

É um Jogo feito com apenas uma ou as duas mãos juntas, sendo este tipo de Jogo chamado de uma ponta, pois executa-se as técnicas pegando-se exactamente na ponta mais grossa do bordão, ou empregar o bordão com as duas mãos, chamado Jogo de duas pontas. Se o primeiro tipo de jogo dá alguma segurança dado que ao jogar existe uma distância grande entre o nosso adversário, no segundo a distância é curta, requerendo mais habilidade e perspicácia para manter-se um bom jogo. Outra característica própia deste Jogo é a pega do bordão ser sempre feita na parte mais grossa, ao invés do jogo do Continente que gosta de fazer a pega na parte mais fina.

Escolas onde se pratica

Tipos de Jogos

...

Outros estilos de Jogo

Referências