Mestre: António Nunes Caçador

Fonte: Jogo do Pau Português
(Redirecionado de António Nunes Caçador)
Outros nomes Caçador
Nascimento
Morte
Nacionalidade Portuguesa
Naturalidade Lisboa
Escola Lisboa

Assinatura
Ass AntonioCacador.png

Sobre

Deu aulas no Grupo Desportivo dos Tabacos e no Ateneu Comercial de Lisboa

Publicações onde é citado

«Dos mestres do jogo do pau que actualmente têm escola em Lisboa é de toda a justiça colocarmos num lugar de destaque António Nunes Caçador, antigo professor do Grupo Desportivo da Companhia dos Tabacos e, presentemente ajudante do mestre Domingos Miguel, no Ateneu Comercial de Lisboa. Caçador principiou a jogar o pau em 1922 no Ateneu Comercial e o seu primeiro mestre foi Jorge de Sousa que, nos grandes tempos da esgrima lusitana, tinha sido discípulo do abalizado mestre Frederico Hopffer.

Depois de ter trabalhado durante alguns anos com aquele professor, fez-se discípulo de Domingos Miguel, jogador de combate, um dos maiores de todos os tempos, uma autêntica maravilha na arte de manejar uma vara de lodão!

António Nunes Caçador, elemento de primeira ordem no jogo do pau, exímio em «cortes» e maravilhoso em «passagens» é hoje sem dúvida, um dos mais completos jogadores de Lisboa, inúmeras vezes, em lutas emocionantes que deram brado pelo ardor com que foram disputadas, tem provado que não conhece o medo e que a sua vara está sempre pronta a cruzar se com a de qualquer adversário por muito que seja superior a sua classe!

Ultimamente, no Ateneu, quando este clube foi visitado por uns jogadores da província que aí se exibiram sustentou uma dura batalha com o mestre dos aludidos jogadores batendo-se com toda a galhardia marcando nítida superioridade sobre o seu antagonista e elevando ao máximo a escola de Lisboa que ele, nessa luta emocionante representava!

E o jogo que travou com o aludido mestre da província foi coisa que ainda não se tinha visto no Ateneu e, pela violência com que foi disputado, fiz lembrar os grandes jogos dos tempos em que a esgrima do pau era cultivada nos quintais de Lisboa!

Grande tem sido a propaganda que António Nunes Caçador tem feito da esgrima do pau: já jogou inúmeras vezes no Coliseu dos Recreios em Lisboa, em Santarém, em Alhandra, Caldas da Rainha, Montijo, Almada, Moita, Leiria, Coruche, Barquinha, e em muitas outras localidades e também no Pavilhão dos Desportos.

Nunes Caçador é autor de um interessante e útil tratado sobre esgrima do pau e que foi publicado em 1943 livro escrito em linguagem clara e simples e ao alcance de todas as inteligências, é de grande utilidade para os amadores do viril desporto! Nada falta nessa obra, e o autor mostra claramente o conhecimento que possui do assunto pois trata, magistralmente em todas as suas minúcias a esgrima lusitana.

António Nunes Caçador que está, presentemente na força da vida, é pois, um grande jogador e um mestre da mais sólida competência e as suas exibições sempre aplaudidas, fazem recordar os velhos tempos da esgrima portuguesa, os tempos dos jogos nos quintais de Lisboa, ocultos pelas trevas dos anos, mas sempre lembrados com saudade pelos amadores do viril desporto que é o jogo do pau, cultivado com toda a mestria na linda terra portuguesa.»
Artigo do jornal «Novidades» por Sebastião Duarte da Mota Cerveira, em “Jogo do pau (Esgrima Nacional)” António Nunes Caçador, 1963, p.26 ([Livro: Jogo do Pau: esgrima nacional|sobre o livro])

«GRANDIOSO JOGO DE PAU
ALHOS VEDROS
Cujo produto liquido reverte a favor do acabamento das Obras do Hospital da Misericórdia
Domingo, 8 de Maio de 1960 - Às 16 horas

António Nunes Caçador
De Lisboa. O categorizado Contra-Mestre do Ateneu
jogador também de grande classe e autor do livro explicativo desta modalidade.»
Folheto de divulgação de um Grandioso Jogo de Pau em Alhos Vedros 1960 (ver mais)

« Alguns jogadores foram celebridades há três décadas. Deles, o mais conhecido e hábil, é o mestre António Nunes Caçador, que hoje dá aulas no Ateneu Comercial de Lisboa, onde se iniciou em 1922, sendo uma das maiores autoridades no assunto. Apenas meia dúzia de entusiastas ainda se dedicam à modalidade.
(...)
...A nossa esgrima não é qualquer coisa do pau a bater no pau (continua Nunes Caçador) mas, sim, uma esgrima segura, elegante, perfeita e rica em vários aspectos do seu todo. É pena que ela de há anos para cá, tenha andado tão mal compreendida, mas, a que deve? Certamente não é ao público mas sim à falta de praticantes.
(...)
Esta esperança melancólica de António Nunes Caçador revive agora ao saber-se que Jogo do Pau foi escolhida por uma estação da TV de Tóquio para representar Portugal na Feira Mundial do Japão (que se realiza em Osaka, em 1970) devido ao seu carácter tipico amador. »
Artigo em revista FLAMA de 1968 : Dois homens… à paulada? ...SIM, mas desportivamente. É o Jogo do Pau (ver mais)

Conhecimentos técnico

Mestres onde obteve conhecimentos técnicos do Jogo do Pau português:

  • ...
  • ...

Ver também

Referências